Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 23 DE AGOSTO DE 2017

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  22/08/2017   FGTS: Só 4% do orçamento para infraestrutura foi usado em 2016; saneamento usou 6,5% - Dos R$ 13 bilhões em créditos disponíveis para as ...     22/08/2017   6 anos após acidentes, China vai relançar os trens mais rápidos do mundo - Serviço voltará a atingir velocidades de até 350 km/h; 40 pess...     22/08/2017   Hidrelétrica de Itaipu e Eletronuclear devem ficar de fora de privatização da Eletrobras, diz ministério - Ministro de Minas e Energia af...     22/08/2017   BMW Motorsport apresenta o novo M5 - São Paulo — A BMW Motorsport apresenta o novo BMW M5, que combina com perfeição o luxo de um sedã de...     22/08/2017   Novas regras da ANTT viabilizam descontos em passagens interestaduais - Tarifas mais baratas poderão valer para trechos isolados, e todas...     22/08/2017   AB Colinas realiza ação de segurança viária para pedestres em Campinas - A AB Colinas, com apoio da Artesp (Agência Reguladora de Transpo...     22/08/2017   Ecovias realiza simulado de acidente com carga perigosa - Treinamento terá uma vítima grave resgatada pelo helicóptero Águia, da Polícia ...     22/08/2017   Segurança viária: Cascavel recebe Café na Passarela - A Ecocataratas realizará nesta terça-feira (22), a partir das 7h, a ação Café na Pa...     22/08/2017   Artesp apresenta concessões rodoviárias paulistas em fórum sobre infraestrutura - Diretor da Agência apresentou os resultados positivos d...     22/08/2017   "Resto" de asfalto da BR-163 recupera de vicinais a estacionamentos de escola - Material fresado é doado pela Rota do Oeste para encascal...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

19/05/2017

Para especialistas, investimentos em infraestrutura param

Destaques

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

A instabilidade política gerada pela delação premiada da JBS, com acusações envolvendo o presidente Michel Temer, fará com que os investimentos no setor de infraestrutura e os planos para concessões de ativos no âmbito do Programa de Parceria de Investimentos (PPI) sejam paralisados, de acordo com a avaliação de especialistas no setor.

 
"Sem dúvida, o interesse do investidor estrangeiro estava 100% calcado no PPI, na estruturação dos leilões que estavam sendo feitos", disse o sócio da área de infraestrutura do L.O. Baptista Advogados, Fernando Marcondes. "As coisas estavam caminhando muito bem, mas me parece que, agora, tudo vai ficar travado."
 
Algum atraso é admitido também pelo Palácio do Planalto. Lá, a avaliação é que houve piora no ambiente econômico, o que pode afetar o programa. No entanto, a ordem é manter normalmente o funcionamento da parte técnica do programa. Pelo calendário, o próximo leilão é o da 14ª rodada de petróleo, prevista para setembro. Só então, dizem fontes, será possível dizer se houve de fato algum prejuízo.
 
Entre os técnicos, a avaliação é de que o programa sobreviverá aos solavancos. "Independente do que vier a acontecer no campo político, não tem dúvida que a recuperação do investimento é pela via das concessões, já que não há recursos orçamentários", disse uma fonte.
 
Diversas fontes consultadas pelo Estadão/Broadcast lembraram que o leilão dos aeroportos de Salvador, Fortaleza, Florianópolis e Porto Alegre, realizado em março, foi bem sucedido e atraiu diversos players internacionais. No entanto, com as delações da JBS, a percepção de risco em relação ao Brasil vai disparar e, com isso, a capacidade do País para atrair capital privado e internacional será impactada no curto prazo.
 
Oposto
 
"Instabilidade é o oposto do que queremos para a infraestrutura", diz o sócio-presidente da BF Capital, Renato Sucupira. "A situação, agora, é de incerteza muito grande, não há como fazer uma avaliação de risco, como precificar."
 
Mesmo no setor elétrico, em que o histórico recente apontou forte atração de investidores, com a realização de dois leilões de projetos de transmissão que destravaram juntos cerca de R$ 24 bilhões em investimentos, a perspectiva de atração de capital para um próximo certame ou para outros ativos de geração, transmissão e distribuição de energia que são negociados no mercado secundário se tornou incerta e o otimismo recente deu lugar à apreensão.
 
"As reuniões sobre novos investimentos estão desde a noite de ontem (anteontem) em compasso de espera. As decisões de curto prazo precisam esperar que o cenário clareie, porque no momento há uma incógnita", afirmou o presidente do Fórum de Associações do Setor Elétrico, Mário Menel, também presidente da Associação Brasileira dos Investidores em Autoprodução de Energia (Abiape).
 
Ele contou que na noite de anteontem esteve em um encontro com investidores internacionais que foi interrompido pela notícia sobre a delação premiada da JBS.

 

Por O Estado de São Paulo - SP

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

FGTS: Só 4% do orçamento para infraestrutura foi usado em 2016; saneamento usou 6,5%

Manutenção de rodovias recebe mais recursos do que construção

Investimento federal em rodovias não chega a 0,5% do PIB

Congresso ABCR busca solução para impasse no setor de concessão de rodovias

Alto Custo e falta de política pública limitam uso de veículos elétricos no país

6 anos após acidentes, China vai relançar os trens mais rápidos do mundo

Hidrelétrica de Itaipu e Eletronuclear devem ficar de fora de privatização da Eletrobras, diz ministério

BMW Motorsport apresenta o novo M5

Novas regras da ANTT viabilizam descontos em passagens interestaduais

AB Colinas realiza ação de segurança viária para pedestres em Campinas

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística